Wondershare Filmora
O Melhor Editor de Vídeo para Windows e Mac
  • Uma interface intuitiva e tudo em português.
  • Suportar 50+ formatos e 480+ efeitos de vídeo .
  • Exportar para PC, ios, android, DVD e YouTube.
  • Para qualquer tipo de edição de vídeos, rápido e fácil de usar.
  • 12+ Ferramentas avançadas como Tela Verde, Gravação de Tela e muito mais.

7 Métodos para Viajar Localmente num País Estrangeiro

Siga estas dicas profissionais para tornar as suas férias mais interessantes e enriquecedoras.

Como posso tornar as minhas férias mais interessantes? Esta é uma questão que me é colocada frequentemente enquanto professor cultural durante os meus debates pelo mundo. A verdade é que depende nós enquanto viajantes explorar a diversidade que cada país tem para oferecer. Até os locais mais visitados podem oferecer experiências extraordinárias quando você vai mais além dos pontos turísticos e monumentos habituais. Eu criei a minha própria empresa de viagens para mostrar aos turistas que nenhum local é homogéneo e nenhum destino tem uma única narrativa. Aqui ficam algumas dicas a ter em conta ao explorar um local.

Faça por se perder.

Na minha primeira viagem a Tóquio, embarquei num comboio nos arredores da cidade para explorar os subúrbios. Cheguei a uma área completamente desconhecida, andava perdido sem qualquer mapa ou agenda. Eventualmente, encontrei um bar que parecia saído dos 1940. A maioria dos clientes eram idosos que não falavam Inglês. Mas de alguma forma, duas horas mais tarde, acabei vestido em roupas japonesas tradicionais, a cantar karaoke e a dançar com pessoas que tinha acabado de conehcer, a comunicar de formas que contornavam as nossas barreiras linguísticas.

Use a comida como uma oportunidade para a diversidade cultural.

Eu consegui explorar as maravilhas da culinária em Bogotá com a ajuda da minha amiga Maria, uma guia astronómica, e descobri os frutos que advêm da diversidade do clima e dos terrenos da Colômbia. Mais tarde ela fez sobremesas a partir desse fruto antes de saírmos a um bar de salsa local. Existem imensas empresas locais pelo mundo que oferecem experiências saborosas, como a Authenticook na Índia, conseguindo conectar os viajantes aos habitantes locais numa refeição caseira. Ou então adira a uma visita guiada de prova de alimentos, como por exemplo a partir da Frying Pan Adventures no Dubai, em que pode experimentar a cozinha multiculrtural da cidade dos expatriados.

Descubra onde os habitantes locais passam o tempo.

Compre uma revista local ou confira os cartazes exibidos nas ruas para descobrir exposições de arte, festivais de música ou outros eventos. Se você aprecia esportes, pergunte onde jogam os locais e adira a uma boa competição. Há alguns atrás quando visitei a cidade de Túnis, reparei num grupo de rapazes a jogarem futebol na praia. Aproximei-me e perguntei-lhes se podia juntar-me ao jogo, e eles receberam-me de braços abertos. Depois do jogo, encontrei-me com eles no seu café preferido e acabámos a trocar ideias sobre a Revolução Tunisina, entre outros tópicos interessants. Participar em atividades e eventos ajuda definitivamente a iniciar conversações com os habitantes locais.

Explore além das cidades mais populares.

Deixe as cidades em detrimento dos locais mais pequenos como as aldeias e os subúrbios para encontrar os tesouros escondidos de muitos países, com experiências culturais únicas, paisagens maravilhosas e interações marcantes. Perto de Hoi An, no Vietname, fui recebido por um agricultor ativo de 90 e poucos anos, e que partilhou comigo as suas histórias de vida, como quando escondeu pessoas na sua casa durante a guerra. Você tem muitas opções por onde escolher nestas aldeias. Por exemplo, na Tailândia, pode juntar-se à Local Alike, uma empresa social que ajuda a criar experiências para viajantes em mais de 70 aldeias do país.

Procure por grupos de excursões que dão ofertas.

Algumas empresas oferecem um valor educacional único que você simplesmente não consegue encontrar por sua conta. Quando visitei o Egito o ano passado, quis ter uma perceção do país para além das suas pirâmides, mas não sabia exatamente o que procurar. Assim sendo, aderi a uma excursão com uma empresa sem fins lucrativos para aprender mais sobre um bairro no Cairo chamado Cidade do Lixo - Garbage City. Perdidos no meio da coleção de lixo da cidade, os residentes decidiram agir por conta própria, vasculhando no lixo e reciclando cerca de 85% do material. Esta área representou um dos programas de reciclagem mais bem-sucedidos do mundo. Para encontrar este tipo de experiências nos sítios menos conhecidos, consulte a página Visit.org onde se pode conectar com centenas de empresas sem fins lucrativos e que oferecem visitas locais em todo o mundo. Se está a planear viajar até à Ásia, experimente a Backstreet Academy para experiências únicas em 11 países diferentes na região.

Peça sugestões aos habitantes locais.

Não seja tímido/a! As minhas melhores experiências culinárias em Osaka foram quando pedi a desconhecidos que me levassem aos seus restaurantes favoritos, e eu pagaria o jantar. Acabei num izikaya, um pequeno restaurante-bar com apenas nove lugares. Esta foi sem dúvida a melhor refeição que tive o prazer de provar no Japão e foi certamente uma das experiências mais autênticas que tive neste país. Tive uma experiência similar em Curitiba, Brasil, onde perguntei a um grupo local onde podia jantar na cidade; em vez de me indicarem o sítio, convidaram-me para me juntar e eles. Ainda hoje sou amigo deles!

Obtenha as suas informações em vários guias turísticos.

A maioria das cidades no mundo, desde Jerusalém a Belfast, de Istambul a Washington D.C., são multiculturais e diversificadas. Mas se você obter as suas informações sobre a cultura e a história de uma cidade de somente um guia turístico, provavelmente irá perder toda a riqueza do seu destino. Imagine visitar Belfast com um guia Católico e outro Protestante, em que trocam informações sobre diferenças históricas, culturais e narrativas políticas da Irlanda do Norte. Quando co-fundei a minha empresa de viagens Mejdi Tours, a nossa determinação era usar vários guias turísticos de origens diferentes em todas as viagens, para que os visitantes pudessem compreender a complexidade de cada local.

Jerusalem-born National Geographic Emerging Explorer Aziz Abu Sarah is a cultural educator, leading dual dialogue tours around the world through his tour company Mejdi Tours. He also leads National Geographic Expeditions to the Holy Land. Find him on Twitter @AzizAbuSarah.

Nov 08,2018 9:37 am
Comentários

Tem questões relacionadas com os nossos produtos? Veja as respostas a perguntas comuns >>

Outros Produtos Recomendados
Wondershare FilmoraPro

Faça conteúdos PROFISSIONAIS usando softwares de edição de vídeo profissional sem complicações.

Baixar Grátis Baixar Grátis
Filmstocks

Sua loja obrigatória para materiais sem direitos de autor, como efeitos de vídeo, gravações e um mundo de muitas outras mídias!


Ver Mais
无标题文档