Wondershare Filmora
O Melhor Editor de Vídeo para Windows e Mac
  • Uma interface intuitiva e tudo em português.
  • Suportar 50+ formatos e 480+ efeitos de vídeo .
  • Exportar para PC, ios, android, DVD e YouTube.
  • Para qualquer tipo de edição de vídeos, rápido e fácil de usar.
  • 12+ Ferramentas avançadas como Tela Verde, Gravação de Tela e muito mais.

Como Viajar Barato: Guia Essencial para Viajar com Baixo Orçamento

How to Travel When You Have no Money
Recentemente perguntei aos assinantes do meu boletim de notícias qual é o principal motivo que os impede de viajar. A resposta mais consensual?

Dinheiro.

Isto é algo que oiço de quase toda a gente: “Matt, eu simplesmente não tenho dinheiro suficiente para viajar.”

Este problema e como ultrapassá-lo é provavelmente a pergunta que mais recebo.

Eu respondo a esta questão em várias publicações, emails, tweets e publicações no Facebook. Os leitores mais antigos até já devem estar fartos de mim por estar sempre a falar deste assunto que domina a maioria das minhas publicações. Uma das perguntas no meu Q&A mais recente foi sobre como é que alguém que não trabalhe pode ter condições para viajar. 'O que podem fazer?', perguntaram-me.

Tendo em conta que esta pergunta é feita tantas vezes, costumo relembrar as pessoas deste facto::

Você não precisa de ser rico para viajar.

Vamos repetir em conjunto.

Você não precisa de ser rico para viajar com baixo orçamento.

Eu certamente nunca fui. Recebia um salário mediano como administrativo no ano antes de fazer a minha primeira viagem. Não me restava muito após pagar os impostos (tinha menos de $15k para viver no ano após pagar impostos e empréstimos).

Ainda assim consegui poupar o suficiente para viajar pelo mundo. Como? Fiz disso uma prioridade. Se viajar não é uma prioridade para você, irá sempre encontrar outras coisas onde gastar o dinheiro e nunca terá o "suficiente" para viajar. Eu nunca tenho dinheiro suficiente para ir às compras ou comprar um dispositivo novo porque gasto o meu dinheiro em viagens, daí não restar nada para outras despesas fúteis. Tudo o que eu faço é concentrar os meus esforços em poupar dinheiro para viajar (e outras coisas que gosto como sushi, filmes e bons jantares)!

Qual é a sua prioridade para poupar? É viajar? Se é de facto viajar, o que está impedindo você de poupar dinheiro? No que anda a gastá-lo?

Há alguns meses atrás, escrevi sobre a importância de apontar as suas despesas e fazer cortes para poupar para as suas viagens. Partilhei 20 dicas em como fazer isso - as mesmas dicas que segui antes de começar a viajar. Na altura, eu ainda estava a pagar empréstimos da universidade e ainda assim com estas dicas consegui poupar mais de $20,000 para a começar a minha viagem pelo mundo.

“Mas Matt, eu recebo o salário mínimo/sou estudante/vivo da Segurança Social/estou desempregado(a)/vivo com os meus pais/tenho muitas despesas/tenho filhos/[inserir aqui outra desculpa] e independentemente do que faça, nunca vou conseguir viajar. Nem sequer consigo pagar os meus empréstimos da universidade. O que faço?”

A Forma Mais Barata para Viajar pelo Mundo: Guia Essencial para Viajar com Baixo Orçamento

Getting free flights is one way to travel with no money
O que você pode fazer quando está numa destas situações? O que é que você pode fazer quando estabelecer prioridades e seguir as minhas 20 dicas para aumentar a sua conta bancária não funciona?

Muitas coisas.

Sendo assim, o artigo de hoje sobre não precisar de ser rico para viajar tem como objectivo mostrar-lhe como você pode viajar pelo mundo de forma virtualmente gratuita. Você não precisa de muito dinheiro no início. Mesmo que não tenha um bom salário ou ainda tenha empréstimos para pagar, existem outras possibilidades de viajar. Se você acha que independentemente do que faça nunca irá conseguir poupar dinheiro, siga este guia para viajar pelo mundo com orçamento limitado:

Trabalhar no estrangeiro — Não ganha o suficiente no seu trabalho atual? Por que não trabalhar enquanto viaja? Existem imensas oportunidades pelo mundo desde que você não seja exigente - afinal de contas não irá começar uma nova carreira profissional, considere apenas como uma forma provisória de ganhar dinheiro para poder viajar. Estes são alguns trabalhos que ajudam a pagar as contas e financiar as suas viagens:

(Clique nas hiperligações para ler histórias de pessoas que trabalharam nestas mesmas tarefas!)

Trabalhar enquanto viaja costuma ser uma opção desde logo descartada por parecer demasiado complicado. Não é, apenas tenha uma mente aberta. Estes trabalhos não requerem um elevado grau de qualificações ou experiência profissional. Você vai arranjar um trabalho de escritório bem pago? Não. Vai arranjar um trabalho que não gosta e que paga mal para poder viajar? Sim! Eu já conheci pessoas de todas as classes na vida, desde países ocidentais a orientais, que financiaram as suas viagens desta forma.

SAIBA MAIS: Como arranjar um trabalho enquanto viaja

Ensine Inglês no estrangeiro — Uma das melhores formas para ganhar dinheiro para as suas viagens é ensinar Inglês no estrangeiro. Você pode ganhar imenso dinheiro a ensinar - eu reabasteci os meus fundos para viagens ao trabalhar na Tailândia, e tenho amigos que já saíram da Coreia do Sul com milhares de dólares na conta bancária. Tudo o que você precisa é de capacidade para falar Inglês fluentemente e talvez um certificado TEFL, dependendo do país em que vai trabalhar. O mundo anseia por professores e este é um trabalho com muita procura; muitas empresas na Ásia até pagam a sua deslocação.

Veja aqui um guia mais avançado e detalhado para todos aqueles que estiverem prontos a aventurarem-se. Ou leia esta entrevista com a Emily, que financiou toda a sua viagem ao ensinar no estrangeiro.

Adquira passagens gratuitas — Existem imensas formas para ganhar passagens gratuitas, simplesmente odeio quando as pessoas me dizem que não têm dinheiro para viajar. Adira a alguns cartões de crédito de viagens, colecione quilómetros e viaje gratuitamente. A maioria dos cartões oferecem bônus de registro de 50,000 pontos e se você registrar também um cartão de uma companhia aérea (por exemplo um cartão da United Airlines) e um cartão de recompensas geral como cartão de Chase Sapphire ou AMEX, você pode combinar os dois saldos de pontos e obter mais rapidamente um vôo mais barato.

Desde há muito tempo que me considero um hacker das viagens e isso tem-me permitido viajar pelo mundo gratuitamente. Costumo colecionar quilómetros e pontos de hotel através das recompensas de cartões de créditos, bônus online, bônus por categoria, questionários e ofertas especiais. Travel hacking is how you can travel cheap!!!!

Não tem possibilidade de aderir a cartões de créditos? Existem várias formas para aumentar a sua contagem de quilómetros sem cartões de crédito. Três destas formas mais eficazes são:

  • Esteja atento(a) às promoções — Eu adiro a todas as listas de promoções das companhias aéreas e estou sempre atento às promoções especiais dos pacotes "2 por 1", ou aos cartões com ofertas especiais que oferecem quilómetros extra. A United Airlines ofereceu-me 1,000 quilómetros por assistir a uma demonstração na nova barra de ferramentas de compras. Uma vez recebi o triplo de quilómetros extra ao comprar algumas roupas na Gap, simplesmente após consultar a lista de correio. Sem contar com todas as ofertas de bônus especiais das companhias aéreas em automóveis, restaurantes e hoteis.
  • Compre nas lojas afiliadas — Todas as companhias aéreas têm ofertas especiais em todas as grandes lojas: Amazon, Apple, Best Buy, Target, etc. Fazer compras nestas lojas afiliadas permite-lhe amealhar 2-4 quilómetros por cada dólar investido, por vezes até mais. Se você gastar $1,000 por mês, pode ganhar até 3,000 quilómetros simplesmente ao navegar nas suas páginas online. Os produtos não têm custos extra. Eu faço todas as minhas compras nos centros comerciais das companhias áreas para receber quilómetros extra.
  • Pague tudo com o cartão — Eu não compro nada em dinheiro. Compro tudo com o meu cartão, desde aos cafés no Starbucks às chamadas telefónicas. Os meus gastos totais são cerca de $2,500 por mês, o que significa mais quilómetros amealhados. Tudo o que faço é em benefício da minha contagem de quilómetros.

Pernoite com os habitantes locais gratuitamente– Existem imensos serviços que ligam os viajantes aos habitantes locais que estejam dispostos a recebê-los GRATUITAMENTE. Desta forma você nunca precisa de pagar pelo alojamento. Há alguns anos atrás, li sobre um rapaz que viajou durante anos só através de Couchsurfing. Eu já usei este serviço cerca de 10 vezes e conheci sempre pessoas fantásticas. Por vezes você fica num quarto, outras vezes num sofá ou num colchão, mas é sempre gratuito. Existem também encontros de grupos de Couchsurfing que podem ajudar você a fazer novas amizades na cidade que decidir visitar. Além disso, graças ao crescimento da economia partilhada nos anos mais recentes, existem aualmente várias páginas que não só lhe permitem pernoitar com habitantes locais, como também partilhar boleias, refeições, bilhetes de trem, equipamento e muito mais! Estas páginas permitem-lhe poupar IMENSO dinheiro como também ajudam você a integrar-se na vida local. É só vantagens!

Usando a economia partilhada – Você tem a possibilidade de encontrar alojamento mais barato, guias turísticos peculiares, boleias e refeições caseiras com chefes locais. Você pode contornar a indústria de viagens tradicional em páginas de economia partilhada e interagir com os habitantes locais com os seus próprios recursos e habilidades para se tornarem em empresas de viagens com preços mais econômicos. (Por exemplo, a minha estadia pelo Airbnb em St. Croix ficou-me a $50 por noite, enquanto que o hotel mais barato que consegui encontrar custava $150.) Além disso, os habitantes locais sabem onde encontrar as melhores promoções. Sabem qual é o supermercado mais barato, que lojas têm os melhores descontos, e onde encontrar os restaurantes e bares mais econômicos com a melhor comida aos preços mais baixos. Falar diretamente com os habitantes locais oferece-lhe acesso a todo este conhecimento.

Estas plataformas alteraram por completo o negócio das viagens e tornaram-nas mais acessíveis para todos. A economia partilhada já existe há alguns anos (Couchsurfing foi criado em 2003 e o Airbnb em 2008), mas apenas se tornaram mais conhecidos no ano passado e vão continuar a crescer. Estas são alguns das minhas plataformas favoritas:

Airbnb (alojamento)
Vayable (visitas guiadas)
BlaBlaCar (boleias)
EatWith (refeições)

Hitchhike — Método gratuito para passear em destinos relativamente seguros e conhecidos em várias partes do mundo, incluindo a América Central, Escandinávia, Europe de Leste, Austrália e Nova Zelândia. Eu já caminhei em mais de uma dezena de países pelo mundo.

  Save Money With Free Walking Tours in San Francisco

Visitadas guiadas gratuitas — Deseja aprender mais sobre a cidade e visitar os principais pontos turísticos? Junte-se a uma visita guiada gratuita. Pode encontrar estas visitas em 90% das principais cidades na Europa, e também nalgumas principais cidades asiáticas, América do Sul, Nova Iorque, Austrália e Nova Zelândia. Para encontrar estas visitas guiadas, peça informações no seu gabinete turístico local, à equipe do hotel (ou entre num hostel e solicite informações), ou pesquise no Google “Visitas guiadas gratuitas (nome da cidade).”

Vigilante de casas —Não tem dinheiro para as suas férias? Vigie a casa de alguém enquanto eles tiram as suas férias. Você pode registrar-se para este tipo de trabalho nas páginas em baixo para vigiar as casas de terceiros gratuitamente, permitindo-lhe permanecer num destino durante algum tempo e ficar a conhecê-lo sem ter que pagar por alojamento. Bônus adicional: você fica com uma cozinha para preparar a sua comida (assim poupa ainda mais dinheiro!!!) Aqui fica um guia passo-a-passo em como se tornar num vigilante de casas.

Cozinhe as suas refeições — A melhor forma de poupar dinheiro em viagens é cozinhar todas as suas refeições. Recentemente gastei $60 USD em compras para uma semana em Estocolmo, em vez do valor médio de $15 USD que iria gastar se fosse comer fora! No total dá uma poupança de $150 USD! Se você optar pelo Couchsurfing, o seu anfitrião provavelmente terá uma cozinha, tal como muitos hostels, acampamentos e casas de hóspedes. Não há cozinha? Arrume os seus próprios tupperwares e talheres e faça algumas sandwiches e saladas para refeições mais rápidas. Nem todas as refeições requerem um fogão, não é?

Só porque está a viajar, não significa que tem que comer sempre fora. Você não irá estragar a sua viagem a Paris se não comer fora por um dia! Não há razão para gastar balúrdios de dinheiros em comida durante a sua viagem!

SAIBA MAIS: Como reduzir as suas despesas alimentares durante as suas viagens

WWOOFing — Trabalhar numa quinta garante-lhe alojamento gratuito, permitindo-lhe também interagir com o exterior. Você tem que pagar a deslocação até à quinta, mas assim que chegar, tudo o resto está incluído!

E pode seguir estas quatro dicas para poupar mais algum dinheiro:

Adquira passagens de comboio — Reservar antecipadamente pode ajudar você a poupar cerca de 50% de um bilhete de comboio, mas se não quiser ficar preso a uma agenda, os passes de comboio permitem-lhe poupar dinheiro. Eu já poupei centenas na Europa, e na Austrália, um bilhete de comboio permite poupar uns impressionantes 70%.

Pernoite em quartos grandes — Os dormitórios de um hostel são o tipo de alojamento mais econômico que existe. Se o Couchsurfing não é o seu estilo, este é o melhor método para poupar dinheiro no alojamento.

Use cartões de estudante ou outros descontos — Você é estudante, professor ou tem menos de 26 anos? Bem-vindo ao mundo das promoções a 50% e outros descontos vários. Um cartão jovem/de estudante/professor permite poupar imenso!

Adquira cartões de cidade turísticos — Se você está a planear em visitar vários pontos turísticos de uma cidade, deve adquirir um cartão turístico de uma cidade, que oferece descontos e acesso gratuito às principais atrações e museus e transportes públicos. Eu poupei cerca de $100 com um passe em Londres, $80 com um cartão do Museu de Paris, $50 com um cartão de Helsínquia e muito mais com outros cartões turísticos. São uma forma fantástica de poupar dinheiro em atrações que as pessoas não visitam com frequência.

Com todas estas dicas, você poderá viajar com relativamente pouco dinheiro. Para acrescentar, recentemente passei cinco dias em Estocolmo com $100 e uma vez passei 10 dias em Londres com $700. Se eu consigo, você também consegue.

Quer sejam dois meses, dois anos ou apenas umas férias de duas semanas, viajar não precisa de envolver grandes quantias de dinheiro. Se eu consigo ir a Londres por $700, o argumento de que você tem que ser rico para viajar não tem qualquer fundamento. Você não precisa de milhares de dólares para viajar. Na verdade, enquanto que $1,400 é uma quantia elevada, é o máximo que você precisa, pois os exemplos mencionados neste artigo ajudam você a reduzir os custos.

A solução é deixar essa mentalidade que você tem que viajar deve ser uma combinação de vôos e hotéis. Com métodos fora da caixa e imaginativos, você pode viajar e ainda poupar dinheiro.

E assim pode transformar as suas viagens de sonho em realidade.

Nov 01,2018 17:57 pm
Comentários

Tem questões relacionadas com os nossos produtos? Veja as respostas a perguntas comuns >>

Outros Produtos Recomendados
Wondershare FilmoraPro

Faça conteúdos PROFISSIONAIS usando softwares de edição de vídeo profissional sem complicações.

Baixar Grátis Baixar Grátis
Filmstocks

Sua loja obrigatória para materiais sem direitos de autor, como efeitos de vídeo, gravações e um mundo de muitas outras mídias!


Ver Mais